[Skip to Content]

A melhor casa residencial do mundo é dinamarquesa

Copenhague se pode orgulhar tendo em 2011 o arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels, pela segunda vez em três anos, ganhado o Prêmio do Festival Mundial de Arquitetura na categoria habitação pelo projeto “8 House” no distrito de Ørestad em Copenhague.

8 House

““8 House” é um projeto exemplar, que combina de maneira inédita comércio, escritórios e apartamentos. As ruas elevadas permitem uma nova forma de envolvimento social.

“8 House”, construído em 2010, é constituído por 476 habitações, apartamentos de luxo e pequenas casa urbanas com jardim. O edifício tem uma superfície de 60.000 m2 e inclui um certo número de caraterísticas especiais: 1500 m2 de instalações comuns previstas para dar aos residentes a possibilidade de conviverem e terem atividades sociais. Mais de um quilômetro de passagens internas e externas permitem andar a pé em volta do edifício ou subir até o topo do edifício de bicicleta. Um telhado inclinado com cobertura vegetal de duas águas num total de 1700 m2 ajuda a reduzir o efeito ilha de calor urbana, além de dar uma identidade visual ao projeto.

8 House

“8 House” já ganhou vários prêmios e foi recentemente designado pelo jornal on-line americano The Huffington Post como sendo um dos edifícios mais importantes da última década.

O arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels já tinha ganhado o prêmio do Festival Mundial de Arquitetura em 2008 por seu edifício “The Mountain”. O seu estúdio de arquitetura BIG (Bjarke Ingels Group) é hoje considerado líder na área da arquitetura contemporânea inovadora, tendo recebido numerosos prêmios de arquitetura a nível mundial.