[Skip to Content]

Março/abril - Páscoa

A Páscoa é a comemoração da igreja cristã da morte e ressurreição de Cristo. O seu lugar no ano-calendário depende da lua, já que o Dia de Páscoa é o primeiro domingo após uma lua cheia depois do equinócio de verão (21 de março). O Dia de Páscoa pode, portanto, o mais cedo, ser em 22 de março e no mais tardar em 25 de abril. Na versão da igreja nacional dinamarquesa, as várias festas da Páscoa são marcadas pela escolha das leituras e não, como por exemplo nos países católicos, imitando e dramatizando as histórias do Evangelho na liturgia. Os dias de feriado celebrados são Domingo de Ramos, Quinta-feira Santa, Sexta-feira da Paixão, Domingo de Páscoa e Segunda-feira de Páscoa.

A Páscoa tem cinco dias feriados em seguida e, como uma série de escolas também libera as crianças nos outros três dias da Semana Santa, pode chegar a dez dias feriados seguidos. Essa é a razão pela qual a maioria dos dinamarqueses considera a Páscoa como uma féria. Um levantamento nacional feito em 2000 mostrou que 48% dos dinamarqueses dão importância especial ao fato de a família passar um tempo juntos na Páscoa, sendo que 37% a consideravam uma féria e apenas 10% mencionaram ‘ir à igreja’ e a  ‘mensagem cristã ’ como o principal motivo da Páscoa.

Para muitos, a Páscoa é um símbolo do final do inverno e, por isso, utilizam as suas férias de Páscoa para iniciar a primavera e o verão e abrir a temporada em sua casa de campo, fazendo jardinagem, plantando flores em vasos na janela, etc.

As tradições da Páscoa

Muitos lares e lojas são decorados para a Páscoa, em verde e amarelo, especialmente com ramos de folhas novas e narcisos. Mas o principal símbolo da Páscoa continua sendo o ovo. Os ovos usados para decoração  podem ser ovos de galinha comuns, dos quais foi soprado o conteúdo e, depois, coloridos, ou podem ser ovos de imitação ou diferentes tipos ovos de açúcar e chocolate. Outras decorações incluem pequenas galinhas e frangos artificiais e, cada vez mais, também o coelho da Páscoa, que antes quase que exclusivamente era comum nas áreas perto da fronteira com a Alemanha.

Há uma tradição dinamarquesa única da Páscoa, ou seja, o costume de enviar cartas de gozação. Nas semanas anteriores à Páscoa, especialmente as crianças cortam e elaboram cartas, nas quais escrevem um chamado verso de gozação. A carta é anônima, mas assinada com um número de pontos correspondendo ao número de letras no nome do remetente, de modo que o destinatário tenha uma chance de adivinhar quem a enviou. O prêmio é um ovo de Páscoa de chocolate entregue na Páscoa. A carta é acompanhada por uma campânula branca, que é considerada a primeira flor do ano.

A comida na Páscoa consiste de ovos em muitas versões diferentes, mas, tirando isso, as pessoas comem o que  geralmente é considerada como a comida da primavera, isto é, frango, cordeiro e legumes.

O almoço de Páscoa, que é comido tanto com a família como com os amigos, é um almoço dinamarquês normal, com arenques e outros tipos de peixe, alguns pequenos pratos quentes, frios fatiados e queijos. Para acompanhar, a maioria das pessoas toma cerveja e schnapps. Para a Páscoa, as cervejarias produzem uma cerveja de Páscoa especial, mais forte e mais saborosa que a cerveja normal.